Concerto de Abertura "Grandes Períodos da História da Música - O Romantismo"
Orquestra Clássica do Sul

31 MARÇO  2019
DOMINGO
LOULÉ | CINETEATRO LOULETANO
17H00

Bilhetes: 15€
Duração: 80 minutos
Classificação etária: >6

Programa

M. GLINKA
Abertura de "Ruslan e Lyudmila"

E. ELGAR
Concerto para Violoncelo em Mi menor, Op. 85

TCHAIKOVSKY
Sinfonia n.º 5 em Mi menor, Op. 64

Orquestra Clássica do Sul
Maestro: Maxime Tortelier         
Solista (violoncelo): Jed Barahal (Estados Unidos da América)

O FIMA 2019 – Festival Internacional de Música do Algarve apresenta o primeiro concerto dedicado aos grandes períodos da história da música, onde será abordado o Romantismo. Marcado pelo lirismo e pela emoção, o romantismo retrata frequentemente o drama humano, os amores trágicos e os ideais utópicos. Um excelente exemplo disto na música foi toda a produção do compositor russo P. I. Tchaikovsky. A sua Quinta Sinfonia, hoje considerada uma das suas melhores obras, teve na estreia, em 1888, uma fraca recepção por parte do público e da crítica, contribuindo bastante para o agudizar do estado depressivo do compositor.
O Concerto para Violoncelo de E. Elgar,  foi uma das últimas obras do compositor britânico que, apesar de ter sido composta já no século XX (exactamente há 100 anos, em 1919) pode considerar-se uma das últimas obras-primas do espírito romântico, ainda que a sua estreia tenha sido também um fracasso.
Este concerto será interpretado por Jed Barahal, violoncelista de origem americana, que foi solista de orquestras de referência como a Orquestra Sinfónica de São Paulo (Brasil), Orquestra do Capitólio de Toulouse (França) e Regie Sinfonia (Porto), e terá direção orquestral pelo Maestro Maxime Tortelier.


Voltar