Concerto de Encerramento: "Música e Viagens"
Orquestra Clássica do Sul

31 MAIO 2019
SEXTA-FEIRA
FARO | TEATRO DAS FIGURAS
21H00

Bilhetes: 15€
Duração: 90 minutos

Programa

C. M. WEBER
Oberon – Abertura

W. A. MOZART
Sinfonia Concertante para Violino e Viola em Mi bemol maior, K.364 (320d)

DVORAK
Sinfonia nº 9 em Mi menor, Op. 95 “Do Novo Mundo”

Solista (violino): Daniel Stabrawa (Polónia)
Solista (viola): Máté Szücs (Hungria)
Maestro: Rui Pinheiro
Orquestra Clássica do Sul e Academia OCS

As grandes viagens foram sempre uma consequência inevitável para os compositores de maior sucesso. Quando C. M. von Weber recebeu o convite para escrever a ópera “Oberon”, baseada na obra de  Shakespeare, embarcou numa viagem a Londres para melhor dominar a língua inglesa, onde acabou por falecer em 1926 logo após a estreia. Mozart, enquanto compositor e intérprete das suas obras, realizou uma longa digressão europeia com passagens por Mannheim, Paris e Munique, onde recebeu fortes influências estilísticas e formais. De regresso a Salzburgo escreveu a Sinfonia Concertante para dois instrumentos solistas, algo que estava muito em voga em França. A convite de um patrono, o compositor checo A. Dvorák viajou até aos Estados Unidos da América onde viveu quase três anos. A sua 9ª Sinfonia foi o resultado de uma encomenda da Orquestra Filarmónica de Nova Iorque e a música reflecte as influências do “Novo Mundo”, sem esquecer as suas raízes boémias. Serão solistas neste concerto dois músicos de referência mundial e solistas da Orquestra Filarmónica de Berlim - Daniel Stabrawa (violino) e Máté Szücs (viola).


Voltar